lentes-esclerais-neo-bh

O que são lentes esclerais e como funcionam no tratamento do Ceratocone?

Cuidar dos olhos é fundamental para ter uma boa qualidade de vida. Mas como é a vida de quem tem uma doença ocular progressiva, como o Ceratocone? Neste artigo, vamos explicar o que são as lentes de contato – e seu papel no tratamento desta doença.

Entendendo o Ceratocone

O Ceratocone é uma doença ocular que pode ser progressiva e não inflamatória, que provoca a degeneração das fibras de colágeno existentes no tecido corneano. Estas fibras são importantes para manter a córnea estável e com a curvatura ideal para uma boa visão. A córnea que desenvolve Ceratocone passa a ficar mais fina e mais curva, o que afeta o processo de visão do paciente.

Causas e sintomas

Apesar dos constantes avanços nos estudos oftalmológicos, ainda não se sabe ao certo o real gatilho para o desenvolvimento do Ceratocone. O que se sabe é que a doença pode estar relacionada à herança genética em uma parcela dos casos, já que tem mais ocorrências entre membros da mesma família. Além disso, alguns fatores externos, como o hábito de coçar os olhos frequentemente também podem afetar as estruturas da córnea, acelerando o desenvolvimento da doença. Alergia ocular é frequente nas pessoas portadoras de ceratocone.

Na visão, os efeitos do Ceratocone mais comuns são visão embaçada, distorcida ou dupla, além de sensibilidade à luz e dificuldade muitas vezes extrema em enxergar nos ambientes mais escuros. Estes são sintomas muito similares aos sintomas de Astigmatismo e/ou Miopia – por isso é comum que o Ceratocone, em seus estágios iniciais, seja difícil de identificar. Por isso, é importante manter uma rotina de acompanhamento oftalmológico regular, e realizar os exames de Ceratocone para facilitar o diagnóstico precoce.

Tratamento do Ceratocone

O tratamento do Ceratocone consiste em oferecer uma boa qualidade de visão ao portador de ceratocone e interromper a progressão da doença, evitando maiores danos à córnea. Diversas técnicas podem ser utilizadas no manejo do Ceratocone, mas cada uma delas é aplicada em estágios específicos da doença. E você pode ler sobre a importância de iniciar o tratamento logo após o diagnóstico.

Como funciona o tratamento

Estabilizar a progressão do Ceratocone pode usar algumas técnicas diferentes, dependendo do estágio em que a doença se encontra.

Logo no início, a principal função do tratamento do Ceratocone é corrigir a acuidade visual prejudicada pelo leve aumento da curvatura da córnea e controlar fatores associados para que a doença não progrida. Normalmente a primeira linha de ação é o uso de óculos, que farão a correção da acuidade visual. Uma excelente alternativa em praticamente todos os estágios do ceratocone para melhor acuidade visual, são as lentes de contato, principalmente aquelas de desenho especial para córneas irregulares, como no ceratocone. Uma alternativa que revolucionou o tratamento do ceratocone, foi a lente Escleral, que proporcionou conforto e adaptação em pacientes que muitas vezes não tolerava o uso de lentes convencionais (de apoio na córnea) e nem de óculos. Mesmo em grande parcela de casos já muito avançados, o transplante pode ser evitado ou postergado com o uso dessas lentes.

Lentes de Contato Esclerais – o que são e como funcionam

As lentes esclerais são lentes de contato rígidas especiais que são maiores em diâmetro e preenchidas com soro fisiológico, o que faz com que ofereçam maior conforto e adaptação individual. Diferentemente das lentes de contato rígidas “comuns”, elas são apoiadas sobre a esclera, que corresponde a parte branca do olho, que é muito menos sensível que a córnea. Portanto, além diminuir o incômodo de contato com a córnea, que está irregular e instável por conta do ceratocone, essa lente proporciona níveis altíssimos de adaptação, principalmente nos casos mais avançados.

As lentes esclerais são fabricadas com um material rígido, para não permitir que as irregularidades da córnea influenciem na qualidade óptica da lente, além da alta permeabilidade – o que significa que o oxigênio consegue chegar até a córnea sem problemas, mantendo-a o mais saudável possível durante o uso diário e prolongado.

Benefícios das Lentes Esclerais

Como dissemos antes, o tratamento do Ceratocone se baseia em corrigir a acuidade visual prejudicada pela degeneração do tecido corneano, e interromper a progressão da doença.

Em todas as fases da doença, a correção da qualidade da visão é fundamental, e as lentes esclerais podem fazer isso muito bem. Elas são parte importante do tratamento e acomodação do paciente à nova realidade. E as lentes esclerais apresentam muitos benefícios para quem está iniciando o tratamento do Ceratocone e naqueles casos de pessoas com resultados insatisfatórios com outros métodos de tratamento.

Apesar de ser necessário um período de adaptação com quase todos os tipos de lente, as lentes esclerais facilitam esse processo. Por não se apoiarem diretamente sobre a córnea, como as lentes rígidas e gelatinosas comuns, as lentes esclerais são mais confortáveis e melhoram bastante a visão dos pacientes. Além disso, as lentes esclerais são moldadas de acordo com a curvatura e topografia da córnea de cada paciente, fazendo com que o processo de adaptação seja ainda mais fácil, confortável e mais seguro, atendendo e muitas vezes superando as expectativas.

A taxa de sucesso na adaptação dos pacientes às lentes esclerais é de mais de 90%.

Hora de começar seu tratamento de Ceratocone

O Ceratocone não é um bicho de sete cabeças. É possível manter uma boa visão, uma boa qualidade de vida e se adaptar à doença. Mas, para isso, é preciso começar o tratamento agora mesmo.

Agende já uma consulta com o nosso especialista em Ceratocone, Dr. Gustavo Versiani, e tire todas as suas dúvidas sobre as lentes esclerais – e como elas poderão te ajudar.

Quer saber mais?

O Núcleo de Excelência em Oftalmologia desenvolveu um infográfico completo, com tudo o que você precisa saber sobre o Ceratocone. Para acessar este conteúdo, basta clicar no link abaixo.

ebook-de-ceratocone-neo

Ficou com alguma dúvida?

Fale conosco pelo telefone (31) 3235-0001 ou pela Central de Atendimento em nosso site.

Diretor Técnico: Dr. Rodrigo Versiani - CRM/MG: 34376 - RQE 30648

Consultórios: Av. Bernardo Monteiro, nº 1299 – Bairro: Funcionários. Belo Horizonte/MG

Telefone e Whatsapp de Atendimento:

(31) 3235-0001

Centro Cirúrgico: Av. Bernardo Monteiro, nº 1299 – Bairro: Funcionários. Belo Horizonte - MG

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support