Hipermetropia – Erros Refrativos

    A Hipermetropia é outra das doenças oculares não graves, conhecidas como Erros Refrativos.

    A Hipermetropia prejudica a visão em ambas as distâncias, mas é pior para a visão de perto. O erro de refração acontece porque o globo ocular hipermetrope é menor do que o considerado normal. Por causa disso, os raios de luz passam pela córnea e acham seu foco em um ponto atrás da retina, e não sobre a retina, como deveria.

    Por isso, o olho é obrigado a reacomodar este ponto de foco para fazer a compensação do grau. Esse esforço ocular de acomodação acaba provocando sintomas como fadiga ocular, dores de cabeça, sensação de peso nos olhos, lacrimejamento, ardor e vermelhidão. E estes sintomas ficam mais fortes ao final do dia, ou depois do trabalho.

    A origem desta doença nos olhos pode aparecer na primeira década de vida ou com o decorrer dos anos.

    Assim como acontece com o Astigmatismo, com a Miopia e com a Presbiopia, a Hipermetropia não é grave e pode ser tratada e corrigida.

    olho-com-hipermetropia

    Se você leu este texto, e acha que pode ter Hipermetropia, é importante saber que este diagnóstico só pode ser identificado por um médico oftalmologista especialista em Erros Refrativos.

    Agende uma consulta em Belo Horizonte com o Atendimento do NEO e faça já seus exames oftalmológicos de rotina e prevenção de doenças oculares.


    Você tem dúvidas sobre o que é Hipermetropia? Acesse a área de atendimento do site, teremos o maior prazer em atendê-lo!

    Share and Enjoy !

    0Shares
    0 0