DESCOLAMENTO DE RETINA

descolamento-de-retina

A retina é a camada que reveste a câmara posterior do globo ocular onde esta localizada as células neuronais fotossensíveis responsáveis pela transformação do estímulo luminoso em estímulo elétrico, que será transmitido através de vários neurônios até o sistema nervoso central, onde a imagem será interpretada e percebida.

Tire suas dúvidas com nossos especialistas:

duvidas-retinopatia-diabetica-neo

Em analogia, a retina seria como o filme das máquinas fotográficas analogias, aonde o filme seria a retina e as lentes seriam a córnea e o cristalino. A retina fica posicionada em uma camada pigmentada chamada epitélio pigmentar para seu perfeito funcionamento. A separação da retina do seu leito (epitélio) acarreta à parada de transmissão do estímulo elétrico e consequentemente a perda visual.

Existem três tipos de descolamento de retina. No nosso centro oftalmológico em BH você tem todo o suporte de especialistas em Descolamento de Retina e em como resolver o seu caso:

1) Descolamento Regmatogênico da Retina: forma mais comum aonde há uma abertura da retina (rasgadura ou ruptura) criando uma comunicação da cavidade vítrea do olho, que é preenchida pelo humor vítreo para o espaço abaixo da retina e acima do epitélio pigmentar com isso descolando a retina do seu leito. Normalmente o paciente inicia com relato de moscas volantes (pontos, sombras e manchas na visão de início abrupto) e com alguns dias evoluiu com perda do campo visual (mancha escura) que inicia no campo periférico da visão, podendo ser superior, inferior, à direita ou à esquerda. Se não tratado, a mancha vai aumentando atingindo a parte central e finalmente em poucos dias levando a cegueira total.

2) Descolamento Seroso de Retina: separação da retina do seu leito (epitélio pigmentar) por processo inflamatório ou por quebra do equilíbrio natural do sistema retina – epitélio pigmentar – coróide (camada vascular abaixo da retina). Existe um acúmulo de líquido abaixo da retina, causando assim perda do funcionamento da retina e consequentemente piora da acuidade visual.

3) Descolamento tradicional da retina: separação da retina do seu leito (epitélio pigmentar da retina) por forças tradicionais. A tração pode ser anterior-posterior ou de forma lateral. Pode ser secundária a tração da própria membrana do humor vítreo ou por membranas formadas de forma anômala, muito comum em retinopatia diabética ou processos inflamatórios.

Fatores de Risco para Descolamento de Retina

– miopia (baixa , média e alta miopia);
– trauma ocular;
– histórico familiar de descolamento de retina;
– doenças inflamatórias oculares (uveítes);
– diabetes.

Sintomas do Descolamento da Retina

O aparecimento de manchas, pontos, linhas no campo visual de forma indolor e abrupta normalmente está relacionada a separação do vítreo em relação a retina com rasgadura da retina por tração do vítreo que comumente acontece na parte periférica da retina com conseqüente liberação de células para a cavidade vítrea.

Quando o humor vítreo penetra pela rasgadura e começa a descolar (separar) a retina do epitélio pigmentar começa a perda de campo visual que rapidamente progride levando a cegueira de forma muito rápida. O descolamento inflamatório da retina, normalmente acontece após o processo inflamatório e doloroso do olho. O descolamento tradicional da retina, ocorre de forma crônica, causando redução da visão central ou periférica ocorrendo na grande maioria das vezes em pacientes diabéticos.

Se você está procurando por um médico oftalmologista especialista, ou uma clínica de olhos em Belo Horizonte, fale com o Atendimento do NEO e agende já uma consulta oftalmológica de rotina.

Saiba tudo sobre Retinopatia Diabética no e-Book exclusivo que a equipe do Núcleo de Excelência em Oftalmologia desenvolveu para você:

ebook-de-retinopatia-diabetica

Você tem dúvidas sobre o Descolamento de Retina? Acesse a área de atendimento do site, teremos o maior prazer em atendê-lo. ou
Ligue para whatsapp (31) 9 7109-0445